02 Fevereiro 2022 - 07:00

Universidança discute questões de gênero, etnia e corpos com deficiência

Divulgação
Evento acontece entre os dias 7 e 11 de fevereiro e será transmitido pelo YouTube

Há onze anos, a produção acadêmica dos estudantes do Curso de Licenciatura em Dança da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) é apresentada na Semana Acadêmica Universidança, atividade de extensão e evento independente. Esta edição acontece entre os dias 7 e 11 de fevereiro e abordará temas considerados polêmicos, como questões de gênero, emancipação feminina, LGBTQIA+, negritude e corpos diferenciados (PCD).

O tema geral, Diálogos Entrelaçados, foi escolhido para representar os mais diversos assuntos que serão apresentados durante a semana. Durante as manhãs: corpos diferenciados, caminhos da dança, negritude na dança, saúde mental e emancipação feminina na dança, entre outros. No período da tarde, serão ofertadas ao público inscrito no evento oficinas de dança e os quatro elementos da natureza, musicalização infantil, capoeira, cínica dança pessoal, flamenco, dança afro, móvel, twerk, floorwork e dança do ventre.

A programação, que acontecerá no período da manhã e da tarde, será exibida no Youtube. “Utilizaremos a virtualidade como uma aliada para atingir mais pessoas interessadas no curso de Licenciatura em Dança, para dar mais visibilidade às produções que estão sendo realizadas na academia, promovendo um intercâmbio acadêmico/cultural dos discentes do curso com outros artistas e pesquisadores de dança que não residem em Alagoas. Por isso, o evento será aberto para discentes, artistas, pesquisadores e interessados em dança e proporcionará ao público momentos de reflexões, de práticas e apreciação da arte da dança”, informa a equipe organizadora.

Para participar das oficinas, é preciso realizar inscrição na página do Sigaa. As atividades também serão exibidas nas redes sociais do evento (@universidancaufal no Instagram).

História

Universidança é um evento de extensão que, desde sua primeira edição, é planejado e organizado por estudantes do curso, sob a coordenação da professora Isabelle Rocha. O evento já faz parte do calendário anual do curso e está em seu 11º ano de realização, sempre com o objetivo de divulgar as atividades acadêmicas/artísticas dos estudantes e professores.  

por Jacqueline Freire/Ufal

Comentários comentar agora ❯