28 Novembro 2023 - 05:00

Programa Bate Coração inicia atendimentos por telemedicina em dezembro

Sesau Alagoas
Serviço será disponibilizado em todas as unidades de saúde da rede estadual de Alagoas

O Programa Bate Coração, implantado pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), iniciará no mês de dezembro os atendimentos por telemedicina nas unidades de saúde estaduais. O anúncio sobre o início do programa, que visa reduzir o tempo-resposta e aperfeiçoar o tratamento efetivo do Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), ocorreu durante reunião técnica realizada na sede da pasta, no bairro Jaraguá, em Maceió.

Durante a execução, o programa vai disponibilizar informações relevantes, em tempo real, para os profissionais de saúde. Essas informações se referem aos primeiros sinais do IAM até o atendimento e o acompanhamento pós-tratamento, aprimorando a coordenação entre as unidades de saúde, oferecendo suporte adequado e especializado à equipe multidisciplinar.

O coordenador e regulador do Bate Coração, médico Carlos Humberto, destacou que o programa vai atender aqueles pacientes que sofrem de um quadro de infarto, principalmente o infarto com supra, que é uma das doenças que mais matam no Brasil, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). “O programa é um acalento para as pessoas que não têm um direcionamento tão correto e ágil ao sofrerem um infarto. Além de ser a doença que mais mata, também é a que traz mais morbidade, uma vez que os pacientes têm muitos quadros de insuficiência cardíaca. E com o programa, iremos diminuir o número de internações, invalidez e diminuir os custos aos cofres públicos em relação a medicamento e tratamento posteriores”, enfatizou.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, a linha de cuidados ao infarto vai proporcionar a todas as unidades de saúde um direcionamento correto ao atender um paciente diagnosticado com infarto, como a o uso do trombolítico, medicamento na artéria machucada, e a angioplastia. “Nós teremos dois grandes parceiros, que é o Hospital do Coração Alagoano Professor Adib Jatene e o HGE [Hospital Geral do Estado], que irão dar o maior suporte para realização das angioplastias. Vamos contar com médicos cardiologistas 24 horas por dia para atender todos os pacientes”, ressaltou o gestor da saúde estadual. Aplicativo

Com o aplicativo de telemedicina Join, os casos serão discutidos com especialistas que têm acesso aos exames simultaneamente, para a rápida tomada de decisão no manejo do infarto, salvando vidas. A plataforma integra as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), hospitais e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), para que a triagem e definição de condutas sejam mais rápidas e efetivas, agilizando o tratamento do paciente e minimizando os riscos de sequelas e óbitos.

“O tratamento ágil visa diminuir a taxa de mortalidade da doença que mais mata no Brasil e também devolver o mais rápido possível os pacientes aos seus entes queridos. Quando paramos para pensar que a cada minuto um paciente que sofreu um infarto não recebe atendimento adequado, ele perde 11 dias de vida”, salientou o coordenador do Programa Bate Coração, Carlos Humberto.

Em Alagoas, além do Programa Bate Coração, também é executada na Rede Pública Estadual de Saúde a Linha de Cuidado ao Acidente Vascular Cerebral (AVC). Os dois programas têm como objetivo reduzir a morbimortalidade, assegurando o acesso à atenção e ao cuidado assistencial médico, além de garantia de continuidade da atenção integral iniciada no âmbito da atenção primária à saúde, até a atenção secundária e terciária, incluindo as ações de reabilitação.

por Sesau Alagoas

Comentários comentar agora ❯