27 Novembro 2023 - 19:15

Paulo Dantas e Renan Filho assinam convênio para revitalização de 162 km de rodovias

Agência Alagoas
Parceria visa revitalizar estradas alagoanas utilizadas como desvio devido à interdição da BR-101 em Alagoas

O governador Paulo Dantas e o ministro Renan Filho (Transportes) assinaram convênio na manhã desta segunda-feira (27), para a revitalização de rodovias estaduais que estão sendo utilizadas como rotas de desvio devido à interdição da rodovia BR-101. Com um total de R$ 100 milhões, a parceria vai revitalizar 162,7 quilômetros de rodovias, entre elas a AL-101 Sul, de Maceió até o viaduto de São Miguel dos Campos.

O convênio visa à recuperação de rodovias no valor de R$ 99,9 milhões, com contrapartida do Estado de R$ 990 mil. A justificativa para esta parceria está na necessidade de renovar quatro estradas estaduais, impactadas desde novembro de 2022 por obras na BR-101, resultando em afundamentos devido à erosão.

O convênio vai assegurar a recuperação das rodovias AL-101 Sul, AL-110, AL-220 e AL-215, que vem sendo prejudicadas devido ao excesso de veículos pesados devido à interdição da rodovia federal.

O governador Paulo Dantas afirmou que a parceria entre o Governo de Alagoas e o Governo Federal tem rendido grandes frutos e esse convênio é mais uma das ações que são e serão executadas pela parceria.

“Com o presidente Lula e com o ministro Renan, não só Alagoas voltou a receber investimentos federais, mas o Brasil inteiro voltou a sorrir novamente. Além desse convênio, também temos outras grandes obras que serão executadas no estado e que vão auxiliar a mobilidade, desde o arco metropolitano, bem como a duplicação da BR-104 e outras rodovias que vão receber atenção especial do Governo Federal, assim como programas que envolvem outras pastas. Tudo isso vai auxiliar o nosso estado no desenvolvimento social, econômico, gerando empregos e renda”, destacou.

A cooperação técnica entre o Governo Federal e o Governo de Alagoas, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), assegurará a revitalização das rodovias prejudicadas pelo excesso de veículos pesados devido à interdição da rodovia federal. As obras, com início previsto para ter início em 15 dias, serão supervisionada pelo DNIT.

De acordo com o ministro Renan Filho, o trecho interditado da rodovia BR-101 obrigou o fluxo de veículos ser desviado para as rodovias estaduais, provocando um desgaste maior do asfalto.

“Quando o trecho entre as cidades do Pilar e São Miguel dos Campos foi interditado, o Governo Federal entende que é nossa responsabilidade manter as rodovias alagoanas em boas condições para que os veículos que trafegam pelo estado andem com segurança e também para que as estradas estejam boas durante a alta temporada, que é quando o fluxo de turistas é maior em Alagoas”, destacou. 

O ministro afirmou que em 30 dias um desvio na própria BR-101 será concluído, fazendo com que os veículos não precisem mais sair da rodovia federal para seguir viagem, mas que somente o trecho vai ser estreitado para que o fluxo de veículos seja em mão dupla.

Já para a recuperação total da via, o ministro enfatizou que ainda estão sendo realizados estudos pois o problema foi provocado por uma falha geológica e é preciso utilizar o meio mais correto para evitar que o problema retorne no futuro.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯