21 Agosto 2019 - 08:21

Após ser espancado, esfaqueado e queimado comerciante se finge de morto para não ser executado em Coruripe

Reprodução
O veículo da vítima, uma caminhonete S10 de placa MVJ-9386, foi levado pelos criminosos

Um comerciante que reside na cidade de Arapiraca, no Agreste alagoano, mas trabalha vendendo produtos de porta em porta na região do município de Coruripe viveu momentos de terror nas primeiras horas desta terça-feira, 20 de agosto, e só não teve sua vida ceifada por que conseguiu se fingir de morto.

De acordo com as informações sobre o caso, Valcir Leite Tenório, 37 anos, seguia pelas imediações do povoado Bonsucesso, na zona rural de Coruripe, em uma caminhonete S10, quando elementos ainda não identificados se aproximaram em uma motocicleta de características não anotadas.

Com arma de fogo em punho, um dos elementos passou a ameaçar o comerciante, que sem saída foi obrigado a parar o carro. Logo em seguida, Valcir Leite começou a ser torturado pelos criminosos. A vítima foi espancada, esfaqueada, queimada e ainda chegou a ter parte do cabelo raspado.

Mesmo bastante apavorado e sentindo muitas dores, o comerciante teve uma ideia que acabou salvando sua vida: se fingir de morto. Acreditando que tinham executado a vítima, os criminosos fugiram tomando destino ignorado, momento em que Valcir Leite passou a se arrastar pela região em busca de ajuda.

Por sorte, o comerciante foi encontrado por populares que acionaram a polícia e o socorro médico. Valcir Leite foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento de Coruripe, mas devido à gravidade dos ferimentos teve que ser transferido para o Hospital Geral do Estado.

O veículo da vítima, uma caminhonete S10 de placa MVJ-9386, foi levado pelos criminosos que, para a polícia, podem ter agido também por algum outro motivo devido à violência empregada na ação.
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯