11 Junho 2018 - 08:25

Crânio humano encontrado neste domingo, 10, no Pontal do Peba pode ter sido usado em ritual de magia negra

O crânio humano que foi localizado por populares no início da tarde deste domingo, 10 de junho, no Pontal do Peba, situado na zona marítima do município de Piaçabuçu, pode ter sido usado em ritual de magia negra.

De acordo com as informações repassadas à nossa redação por um policial que acompanhou a ocorrência, no crânio foram identificados dois parafusos, geralmente utilizados para suspender o objeto durante rituais macabros.

Além disso, o crânio humano estava limpo e sem indícios de ter sido desenterrado recentemente.

Quando questionado se estava descartada a possibilidade do crânio pertencer a Roberta Dias, jovem grávida que foi sequestrada em Penedo e executada em abril de 2012, o policial, que preferiu não ser identificado, declarou que somente o exame conseguirá sanar essas dúvidas.

Ainda segundo o policial, o Instituto de Criminalística ficou de agendar uma data para que a mãe de Roberta Dias possa comparecer ao órgão para fornecer material biológico para ser comparado com resíduos do crânio para saber se o mesmo pertence ou não a jovem.

A possibilidade de o crânio ser de Roberta Dias foi levantada de imediato pela própria polícia por que em um diálogo que foi gravado e, posteriormente, periciado pela Polícia Federal, aparecem dois jovens falando sobre o caso e, nessa conversa, um dos indivíduos confessa que matou Roberta Dias com a ajuda do pai do filho que ela esperava e que o corpo tinha sido enterrado em um terreno situado entre o Pontal do Peba e Feliz Deserto, justamente onde o crânio foi encontrado.
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯

Whoops, looks like something went wrong.