25 Maio 2019 - 09:55

Estudantes do Ifal Penedo são medalhistas da Olimpíada Alagoana de Química

Assessoria
Foram quatro medalhas, sendo uma prata e três bronzes, além de três menções honrosas referentes à edição 2018

Estudantes do Instituto Federal de Alagoas – Campus Penedo conquistaram quatro medalhas (prata e bronze) e três menções honrosas referentes à edição 2018 da Olimpíada Alagoana de Química (OALQ). A entrega da premiação aconteceu na última quarta-feira (22), no auditório do Ifal Maceió, e os sete alunos marcaram presença, destacando-se ao lado de outros estudantes de ensino médio da rede pública e privada de todo o Estado.

Embora apaixonada pelas Ciências Exatas e com bom desempenho nas disciplinas dessa área, a aluna do curso técnico em Açúcar e Álcool, Anniele Sterfany Santos Leite, ficou surpresa quando soube que seu nome estava entre os medalhistas de prata de uma das modalidades da competição. “É minha primeira medalha como aluna do Ifal e fiquei muito feliz com esse resultado”, disse a estudante que hoje está no último ano da formação técnica integrada ao ensino médio.

Anniele Sterfany Santos Leite, medalhista de prata, com o professor José Diego Soares.Os outros três medalhistas do Campus Penedo foram: Bruno Henrique Teles Ferreira, Ítalo Gustavo Nascimento Lira e Rivaldo Matos Marinho Junior, que participaram da OALQ em diferentes modalidades, com base na série de estudo, e conquistaram bronze. Já as menções honrosas foram concedidas a Fátima Giovanna Soares dos Santos, Gabriel Ferreira Sarmento e Lucas Heron Santos Anchieta.

Os estudantes viajaram a Maceió acompanhados pelo servidor Carlos Miranda, atual coordenador de Pesquisa, e quem também prestigiou a entrega da premiação foi o professor José Diego Soares, ex-docente do Ifal Penedo responsável pela participação do campus na Olimpíada Alagoana de Química, até o ano passado. “Meu papel como docente é incentivar e fornecer as ferramentas necessárias para que as conquistas sejam possíveis. Sinto-me profundamente orgulhoso pelos resultados obtidos, pois demostram que estamos no caminho certo”, ressaltou.

Para José Diego, a participação de estudantes em olimpíadas do conhecimento é importante porque permite a descoberta de novos talentos e incentiva o estudo como forma preparatória para as provas. “Além de promover um autoconhecimento, no caso das Olimpíadas de Química, a participação incentiva os discentes a buscarem áreas de formação correlatas. É visível o aumento na autoestima daqueles que são premiados”, destacou o docente.

Lucas Heron Santos Anchieta, um dos três estudantes do Campus Penedo que receberam menção honrosa.O sentimento do aluno Lucas Heron, que cursa o 2º ano de Açúcar e Álcool e recebeu menção honrosa da OALQ 2018, ratifica as palavras do professor. “Participei também no ano passado de olimpíadas de Física, Astronomia e Matemática, mas não cheguei a ganhar nada. Fiquei muito feliz com essa menção honrosa e, particularmente, me sinto mais interessado em aprender e buscar evoluir meus conhecimentos em Química. Vejo esses resultados também como um incentivo para outros estudantes que, ao verem colegas se destacando, se sentem motivados a também participar de olimpíadas”, afirmou o aluno.

Esta não é a primeira vez que estudantes do Campus Penedo têm destaque na Olimpíada Alagoana de Química. Já houve, inclusive, a conquista de medalha de ouro na edição 2016 da competição. O feito foi da então aluna Layane Victória Ananias da Silva, que hoje cursa Medicina, na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Na mesma edição, Wanderlan da Silva Sousa ganhou bronze e as estudantes Karyna de França Dantas, Larissa Karolaine Ferreira dos Santos, Paula Geovana Gomes da Silva e Yasmin Ingrid da Silva receberam certificados de menção honrosa.

Sobre a OALQ - Destinada a alunos do ensino médio regular e/ou técnico integrado ao médio de escolas públicas e privadas de Alagoas, com idade até 18 anos, a Olimpíada Alagoana de Química funciona como uma pré-seleção para as Olimpíadas Brasileira (OBQ) e Norte-Nordeste de Química (ONNeQ), a serem realizadas no ano subsequente. Os estudantes concorrem em três modalidades: 1ª série (A), 2ª série (B) e 3ª série do ensino médio ou 4ª série do técnico integrado (C).

As provas da Norte - Nordeste acontecerão já neste sábado (25). Com base no resultado da OALQ e seguindo os critérios do regulamento, participarão dessa etapa regional as alunas Anniele Sterfany e Fátima Giovanna e os alunos Ítalo Gustavo e Rivaldo Matos. A aplicação está marcada para as 8h, no próprio Campus Penedo, com duração máxima de quatro horas.

por Assessoria

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.