06 Dezembro 2018 - 09:43

Governo do Estado entregará cadeiras de rodas especiais a atletas do basquete


Histórias de luta, sofrimento, superações e vitórias são comuns na vida dos atletas do basquete em cadeiras de rodas do Sesi (Serviço Social da Indústria de Alagoas). O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), entregará 12 cadeiras especiais feitas sob medida para os atletas no dia 10 de dezembro, às 16h, em solenidade no Sesi Cambona.

Os equipamentos, produzidos especialmente para cada um dos atletas, somam um investimento de R$ 62.400 reais. “Atender ao pedido dos atletas é prioridade na nossa gestão porque reconhecemos a importância do esporte no resgate da cidadania e na inclusão social. Busquei dar toda a celeridade necessária para que as cadeiras chegassem ainda este ano. Nossos atletas orgulham Alagoas”, afirmou a secretária Maria José da Silva.

Para pessoas com deficiência, o basquete tem uma necessidade essencial: as cadeiras de rodas especiais, confeccionadas sob medida, que funcionam como extensão do corpo e são fundamentais para tornar os atletas competitivos em campeonatos dentro e fora de Alagoas.

Para participar de competições internacionais e dos eventos do calendário da Confederação Brasileira de Basquete em Cadeiras de Rodas (CBBC), os atletas alagoanos contam com a experiência de Pablo Lucini, treinador e coordenador do setor de Pessoas com Deficiência do Sesi. Há dez anos como treinador, Pablo explica que esse momento é muito importante para o basquete em cadeiras de rodas – será a primeira vez que eles terão acesso aos equipamentos.

“Já estava perdendo as esperanças que receberíamos essas cadeiras ainda em 2018. Mas, ao perceber o empenho da secretária Maria José e de toda a equipe da secretaria, voltamos a acreditar que será possível manter a agenda de competições para 2019. A equipe da Semudh fez acontecer”, contou o treinador.

O superintendente de Políticas dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Gino Cesar Meneses, afirma que a parceria com as instituições que atendem às pessoas com deficiência é imprescindível para a Semudh. “Essas instituições vivem o dia a dia das pessoas com deficiência, têm o mapeamento das prioridades, nos ajudam a focar no que é fundamental. Foi isso que ocorreu com a aquisição das 12 cadeiras de rodas especiais. Sabemos o quão é importante para que a equipe de basquete se desenvolva”.

O treinador explica que quem tiver interessado em conhecer o trabalho com a equipe de basquete em cadeiras de rodas, os treinos, abertos ao público, acontecem no ginásio do SESI, no bairro Cambona, segunda e quintas-feiras das 15 às 17 horas, e aos sábados, das 10 horas ao meio dia. O treino é aberto ao público.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯