24 Janeiro 2020 - 23:12

Número de pessoas fora de casa no ES após chuvas chega a 3,2 mil

A chuva que atingiu o Espírito Santo na sexta-feira (17) deixa mais de 3,2 mil pessoas fora de casa, segundo relatório divulgado pela Defesa Civil Estadual no fim da tarde desta quinta-feira (23). O Exército chegou a Iconha, município mais castigado pela enxurrada, nesta tarde para ajudar na limpeza e reconstrução da cidade.

Há registros de desabrigados e desalojados nos municípios de Iconha, Alfredo Chaves, Rio Novo do Sul e Vargem Alta, que decretaram estado de calamidade pública, e Anchieta. Sete pessoas morreram e uma continua desaparecida.

Desalojados e desabrigados - Atualizado às 17h de 23/01

Município Desalojados Desabrigados Feridos Desaparecidos Óbitos

Iconha 989 13 * 1 4

Alfredo Chaves 1107 0 2 0 3

Vargem Alta 992 58 0 0 0

Anchieta 92 3 0 0 0

Rio Novo do Sul 11 4 0 0 0

Total 3191 78 2 1 7

Fonte: Defesa Civil Estadual

Chegada do Exército

Nesta manhã (23), cerca de 40 militares do Exército Brasileiros saíram do 38º Batalhão de Infantaria em Vila Velha, na Grande Vitória, chegaram em Iconha. A cidade será uma base para a tropa, que vai atuar também nos outros municípios afetados.

Neste primeiro dia, o tenente coronel do Exército, Marcelo Alves, explicou que a tropa fez um reconhecimento da área e participou de reuniões para definir o plano de ação para os próximos dias.

"As equipes de reconhecimento foram para o terreno, inclusive com reconhecimento aéreo, retornaram agora pouco. Já com alguns pontos levantados e sinalizados iniciantemente pela Defesa Civil, onde necessitam apoio, e para levantara a questão da vias de acesso, se elas tem condições de suportar o pedo dos caminhões", disse.

Além dos militares, a ajuda também chegou através de 11 viaturas, três caminhões-pipa, cinco caminhões de deslocamento de equipe, um caminhão caçamba e um carro de pronto atendimento para primeiros socorros.

O envio das tropas aconteceu após um pedido oficial do prefeito de Iconha e do apelo dos moradores. O Ministério do Desenvolvimento Regional recebeu a solicitação na noite desta quarta (22) e orientou o comando em Vila Velha.

A prefeitura já fez o levantamento de quais são as prioridades. "O Exército vai ajudar a agente na limpeza mesmo. Nas escolas, hospital, nas partes públicas", disse o chefe de gabinete de Iconha, Leandro Mezadre.

Chuva

A forte chuva da última sexta-feira (17) matou sete pessoas. O governo do Estado pediu decreto de estado de calamidade pública para Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta e Rio Novo do Sul, o que foi reconhecido pelo governo federal e publicado no Diário Oficial da União na quarta-feira (22).

Quatro municípios do Espírito Santo decretaram calamidade pública — Foto: Arte G1Quatro municípios do Espírito Santo decretaram calamidade pública — Foto: Arte G1
Quatro municípios do Espírito Santo decretaram calamidade pública — Foto: Arte G1

Quase uma semana após a chuva, ainda há comunidades isoladas. Os moradores e comerciantes ainda limpam casas e lojas que foram tomadas pela lama. Muitos perderam tudo que tinham.

por Portal G1

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.