31 Janeiro 2020 - 09:41

Ano letivo em Neópolis começa com paralisação de professores que apresentam pauta de reivindicações

Divulgação
Na segunda-feira, 03, os professores realizarão um ato público em frente à Prefeitura de Neópolis

Em uma reunião realizada nesta quinta-feira, 30 de janeiro, professores da rede municipal de ensino, de Neópolis, em Sergipe, decidiram que não vão retomar as aulas na próxima segunda-feira, 03 de fevereiro, como estava previsto pelo calendário escolar.

De acordo com o release enviado à nossa redação, a paralisação nesse que seria o primeiro dia de aula do ano letivo de 2020 acontece como forma de pressionar o prefeito municipal para que o mesmo atenda as reivindicações dos professores, para que assim haja uma melhoria em todo o sistema de ensino.

“Para que nosso movimento surta efeito é preciso que haja a união de toda comunidade escolar. Não estamos querendo somente nosso reajuste, que é de direito, mas também uma melhoria na qualidade das escolas, que é precária e vem piorando a cada dia que passa, como também nos transportes escolares. Não devemos ficar de braços cruzados esperando que o pior aconteça para que as devidas providências sejam tomadas”, declarou o professor Weber da Silva Farias.

“Pedimos o apoio e compreensão de todos que fazem parte da Educação do nosso município para que haja o compromisso por parte das pessoas responsáveis em fazer as melhorias que a Educação precisa em nosso município. Temos excelentes professores, o que falta são condições dignas de trabalho”, complementou o docente, ratificando que as aulas só serão retomadas quando for firmado um acordo e as reivindicações atendidas.

Na segunda-feira, 03, os professores realizarão um ato público em frente à Prefeitura de Neópolis, a partir das 08 horas. Participe e faça valer sua voz!
 

por Redação

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.