13 Agosto 2020 - 20:01

TRE/AL e TSE lançam campanhas de estímulo à participação de mesários voluntários

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançam, nesta sexta-feira (14), uma campanha de incentivo à participação de mesários voluntários para atuarem nas eleições municipais de novembro. Na campanha nacional haverá a participação do médico Dráuzio Varela, enfocando que todas a Justiça Eleitoral disponibilizará os equipamentos para que os mesários se sintam seguros quanto ao contágio do COVID-19.

Na campanha estadual, o TRE de Alagoas traz depoimentos de pessoas que já atuaram como mesários voluntariamente em eleições anteriores e ainda destaca os benefícios para os universitários que participam da eleição. Um comparativo feito com o número de inscritos em 2018, último ano eleitoral, mostra que já se pode detectar uma queda no número de voluntários no Estado. Até o dia 12 de agosto, 2437 pessoas estavam inscritas para atuar este ano. Em 2018, o número era de 2939 voluntários. São necessários aproximadamente 23 mil mesários em Alagoas.

“Na próxima semana os cartórios eleitorais iniciam as convocações dos mesários e também há a possibilidade da inscrição rápida e fácil como voluntário através do site do TRE/AL ou do aplicativo e-Título. Sabemos que muitos estão temerosos com esse momento de pandemia que vivemos, porém vamos garantir máscaras, face shields e todos os itens de higiene necessários para que todos estejam seguros”, garantiu o desembargador Otávio Leão Praxedes, vice-presidente e corregedor do Regional alagoano, no exercício da Presidência.

Benefícios e pagamento de multa

Os benefícios para os que atuam como mesários também devem ser destaques nas duas campanhas propostas pela Justiça Eleitoral. De acordo com a responsável pela Comunicação do TRE de Alagoas, Flávia Gomes de Barros, todos os Estados estão trabalhando no aperfeiçoamento de convênios e novas parcerias para garantir que mais pessoas se interessem pela atividade, segundo ela, indispensável para o processo democrático.

“Atuar como mesário e ser parceiro da Justiça Eleitoral neste momento é dar um apoio indispensável à democracia. Os benefícios são muitos, como o direito a dois dias de folga no trabalho por dia de atuação como mesário, critério de desempate em concurso público e, para os universitários, horas extracurriculares”, destacou a assessora.

A jornalista ressalta, ainda, que no momento que o cidadão é convocado pela Justiça Eleitoral para atuar como mesário, ele precisa comparecer ou justificar sua ausência – com atestado médico – para não pagar a multa, que varia de acordo com cada Zona Eleitoral. Segundo ela, “é importante que, no momento da convocação, ele já procure o cartório eleitoral pra apresentar a justificativa da ausência. Isso dá aos juízos eleitorais mais tempo pra convocar os substitutos”.

Inscrições online e no e-Título

O diretor da Escola Judiciária Eleitoral, juiz Orlando Rocha Filho, destaca que as inscrições para a participação como mesário voluntário podem ser feitas online, tanto no portal www.tre-al.jus.br quanto através do aplicativo e-Título, que inovou com essa funcionalidade para o pleito deste ano. 

por TRE/AL

Comentários comentar agora ❯