Blog da Juventude

Blog da Juventude

Por Willian Nelson

Postado em 16/08/2021 10:00

Open Banking: Entenda como vai funcionar essa nova ferramenta financeira no Brasil

Google
Open Banking: Entenda como vai funcionar essa nova ferramenta financeira no Brasil
O sistema permitirá integrar todos os dados em uma rede única.

Até o final de 2021, o Banco Central pretende implementar o “Open Banking no Brasil”, o termo em inglês faz referência ao “Sistema Financeiro Aberto”. Os dados de clientes são padronizados e compartilhados para que os produtos e serviços bancários atendam às necessidades e compartilhados para que os produtos e serviços bancários atendam às necessidades do público de forma personalizada. Com a devida autorização expressa do cliente, que decide compartilhar os dados, com quem e por quanto tempo, segundo o Banco Central, a integração pode melhorar a avaliação de crédito e estimular a competição no sistema financeiro, com produtos mais adequados e mais baratos.

Sob um conceito simples, é possível facilitar a concessão de crédito, estabelecendo taxas mais certeiras ao perfil de risco do tomador do empréstimo. Servirá também para comparação dos serviços entre as financeiras, custo de seguros, rentabilidade de investimentos e dos demais produtos bancários. Este serviço visa criar produtos e serviços sob medida e com preços mais atrativos para necessidade do cliente, com base nos dados de consumo, renda e transações financeiras.

O cliente terá o acesso a quais consentimentos estão válidos, para quais instituições compartilhou os dados e quais informações, de fato, foram enviadas pela instituição financeira. Por meio dos canais digitais, as financeiras participantes vão disponibilizar um ambiente para que a pessoa tenha controle das permissões. Mesmo com tanto estudo sendo apresentado referente o tema, especialistas em segurança digital, pede aos usuários que reforcem os cuidados em relação às transações bancárias por aplicativos ou sites. Mesmo com o avanço chegando, é sempre bom tomar cuidado.
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 13/08/2021 11:29

Empreendedorismo Juvenil: Após vencer barreiras, jovem abre seu espaço de Estética e Cosmética em Penedo

Vanessa Soares- Divulgação
Empreendedorismo Juvenil: Após vencer barreiras, jovem  abre seu espaço de Estética e Cosmética em Penedo
Sua persistência foi crucial para realização deste sonho.

Olá gente! Hoje trago mais uma bela história, dessa vez falarei sobre Vanessa Soares, uma jovem Penedense que aos 17 anos de idade foi morar em Aracaju, e aqui que tudo começa. Ao mudar-se para Aracaju, logo se adaptou a nova morada, pois tinha sempre consigo uma forma de bem se resolver e decidida naquilo que tinha como real meta na vida. Passou no vestibular, conseguindo uma vaga para o curso de Fisioterapia, mas logo trocou de curso, optando pela escolha de Estética e Cosmética. É uma área que define o cuidado, bem estar, auto estima, dentro deste mundo a jovem Vanessa já se via atuando como profissional, e entre sonhos e certezas a paixão por este mundo só crescia.

As dificuldades, indecisão e medo, sempre estiveram constantes, mas sua fé a deixava firme no propósito de cumprir aquela meta, que havia pré estabelecido. Sempre tendo o apoio dos seus pais, de sua família, viu que a dificuldade poderia ser apenas um obstáculo, e que o mesmo sempre foi vencido. Ainda no curso, a ideia de abrir seu próprio estúdio foi grande e persistiu por muito tempo, até que chegou a hora de fazer estágio, e logo guardou a ideia. Iniciou a trabalhar no Studio Wave, fazendo estágio, após a universidade, corria para o grupo de pesquisas, e assim após o término de seus estudos, a vontade que estava guardada, retornou com mais força que antes.

Então decidiu por retornar a Penedo, aplicou suas economias como parte de um investimento para abrir sua sala, e após muito sacrifício, choro, trabalho, ela conseguiu. Abriu sua sala no Espaço Transformar com o nome de Vanessa Soares, Estética e Cosmética. Trazendo para Penedo, um espaço com terapias integrativas, com inúmeros benefícios, oferecendo condição de beleza a todos os públicos. O espaço também oferece estética facial e corporal, um lugar para se sentir bem consigo e com sua beleza. Parabéns Vanessa Soares, que sua história de garra e persistência, seja um motivador de outros jovens Penedenses.

Endereço do Studio: Rua Nova, nº 186, Bairro: Santa Luzia
Instagram: @vanessasoaresesteticista

 

 

Comentários comentar agora ❯

  • Israel Ferreiar Conheço bem essa história ,ela merece. Parabéns Vanessa !
Postado em 10/08/2021 15:43

Vícios de linguagem podem custar uma vaga de emprego no Brasil

Google
Vícios de linguagem podem custar uma vaga de emprego no Brasil
A leitura pode corrigir tanto a escrita quando o falar.

Os vícios de linguagem são expressões ou construções linguísticas contrárias às regras da gramática normativa. Esses vícios ocorrem devido à falta de atenção do enunciador ou de seu desconhecimento da norma culta, seja durante a fala ou a escrita. Foi realizado um levantamento no primeiro semestre de 2020,por profissionais de RH de quatro grandes empresas no Brasil, nota-se que 68% dos entrevistados não conseguem passar da primeira fase de um processo seletivo devido a sua baixa pontuação, seja comportamental ou escrita.

Para além da língua escrita, a oralidade também precisa estar adequada, pois falar equivocadamente mancha a imagem durante entrevistas ou dinâmicas de grupo. Dependendo do caso, tropeços do portugês, seja oralmente, seja por escrito, podem levar à eliminação de um processo seletivo. Se expressar com vícios, seja na escrita de uma redação ou na fala, pode ser fatal e custar aquela vaga de emprego tão sonhada. Nas plataformas digitais temos o tão famoso “corretor”, mas na vida real, somos nós que nos corrigimos, aplicamos os acertos e conseguimos a melhor forma de expressão na linguagem.

Esses erros são igualmente perigosos, colocam em risco não só a sua reputação, mas apresentam a empresa que este colaborador não está pronto para tal função. Por isso, podem contar pontos (negativos) para uma contratação, é o que revela Daniela Araújo, gerente de RH da consultoria Véli, em Brasília. Dependendo da empresa, consideram a língua escrita um quesito eliminador até para vagas operacionais. Neste período de desemprego em alta, os candidatos a uma vaga de emprego devem ter disposição para leitura, escrita com correção, pois sabe que este é um valioso ponto positivo em tudo, seja na empresa, seja num concurso ou até mesmo na vida social.
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 09/08/2021 09:51

Programa de Estágio “Pontapé’’ vai capacitar mais de 700 jovens em Alagoas

Seplag-AL
Programa de Estágio “Pontapé’’ vai capacitar mais de 700 jovens em Alagoas
Oportunidade de crescimento e desenvolvimento no meio profissional.

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), está capacitando jovens e adultos aprovados no Programa de Estágio Pontapé. O objetivo é estimular a integração, fomentar a troca de conhecimentos sobre a gestão pública e capacitá-los para o início das jornadas de trabalho em órgãos estaduais. O coordenador de Formação do Pontapé, Hugo Felipe da Silva, conclui que essa é uma excelente oportunidade de formar esses alunos e dar uma base para que ingressem no Poder Executivo entendendo o funcionamento e as principais ferramentas que passarão a fazer parte do dia-a-dia de cada um deles.

Essa capacitação tem duração de uma semana e está reunindo turmas com 80 alunos por vez, aborda temáticas que buscam engrandecer e motivar futuras experiências dentro do governo. O momento não é só de vivência no meio público, se torna também uma experiência única por poder proporcionar a estes jovens a oportunidade de conhecer profissionais que obtiveram sucesso na carreira tendo o estágio como ponto de partida.

De acordo com o coordenador de Formação do Pontapé, a meta é capacitar nesses próximos meses os mais de 700 aprovados no programa, desenvolvendo nos participantes competências socioemocionais imprescindíveis ao mundo do trabalho e, ainda, fomentando políticas públicas pautadas em diversidade, equidade e inclusão. “Com essa capacitação e as experiências que serão vividas no setor público, vamos ajudar esses jovens e adultos a construírem, junto com a gente , um futuro cheio de oportunidades”, explica o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabricio Marques Santos.

 

Comentários comentar agora ❯

  • Rosely Que notícia maravilhosa mais uma oportunidade para jovens e adultos aproveitarem e ñ deixar passar, parabéns William essa matéria é muito importante vai ajudar muitas pessoas.
Postado em 06/08/2021 11:12

Projeto Mãos que Abraçam: Levando cuidado e amor a quem mais necessita

Projeto Mãos que Abraçam - Divulgação
Projeto Mãos que Abraçam: Levando cuidado e amor a quem mais necessita
Um gesto concreto de amor ao próximo.

Em nossa querida cidade de Penedo, as causas solidárias também são levadas a sério, seja por meios públicos ou por entidades não governamentais, que surgem com o propósito de diminuir ou cessar a dor do outro. Essa prática de compaixão pelo próximo é uma camada do amor divino no ser humano, que ao ouvir o clamor do menos favorecido, se une aos demais para lhe prover uma melhora nas condições de vida, livrando este da fome, doenças e do frio de um inverno com bravas chuvas.

O Projeto Mãos que Abraçam desempenha suas atividades em nossa cidade desde 2017,sua idealização parte de duas moças incríveis Thayse Lobo e Flavinha Fróes, que com gesto de humildade e simplicidade criou o projeto com o intuito de colaborar com o bem-estar do outro independente da situação e da causa. Sempre contando com a ajuda de voluntários, o projeto visa atender aos mais necessitados, doando alimentos, cestas básicas, móveis usados, roupas usadas de todos os tamanhos, roupa de recém nascido. A demanda tem sido grande, o coração desses voluntários volta-se para esta causa com fervor a favorecer a vida do outro, indo de encontro ao Cristo caído, que tem fome, sede e está sedento de amor.

Este chamado a servir o outro, é desempenhado com uma imensa alegria por estes servos do amor. Os voluntários recebem as doações ou recebem o aviso e vão buscar aquela doação, encaminhando-a até o destino final. Nestes tempos difíceis a procura por doação é grande, mas sempre um coração bondoso se apresenta e concede com uma doação o bem ao próximo. A demanda é grande, o grupo não tem vínculo político, e precisa da ajuda de todos, por este motivo se tiver algo que possa doar, deixarei o perfil deles para um possível contato. Parabéns a todos que fazem o Projeto Mãos que Abraçam, este serviço humanitário é a prática mais perfeita do amor.

“Faça sua parte, marque a vida de alguém pela simplicidade de um gesto humilde” (Mãos que Abraçam)

Instagram: @projetomaosqueabracam
 

Comentários comentar agora ❯

  • Rosely Parabéns pra todos que ajudam o projeto e que se dedicar a ajudar o próximo, Deus abençoe vcs isso é lindo.
Postado em 03/08/2021 23:53

Inscrições abertas para o Projeto Música na Praça

Fénix de Penedo
Inscrições abertas para o Projeto Música na Praça
Há onze anos promovendo politicas sociais em Penedo.

No dia 02 de agosto, a Banda Fanfarra Independente Fênix de Penedo apresentou o Projeto Música na Praça, que dá início ao retorno das atividades da banda. O projeto tem como objetivo primordial reduzir as desigualdades sociais e combater o preconceito através da disseminação da arte e da cultura como instrumento de transformação social. O mesmo ainda conta com ensaios da banda, aulas de educação musical para crianças e adolescentes, buscando sempre oferecer uma melhor qualidade de vida, desenvolvimento cultural e artístico para seus participantes.

As inscrições para este projeto poderão ser realizadas pelo perfil no Instagram da Fénix de Penedo, após ser mantido o contato, será solicitado algumas informações para o devido preenchimento de dados. As vagas são limitadas, em meio às circunstâncias da pandemia do novo coronavírus. Os ensaios acontecerão na orla do Bairro Vermelho, e obedecerá às normas e orientações dos órgãos de saúde.

A diretoria da Fénix, muito empenhada em cumprir todas as determinações na prevenção do Covid-19, impõe regras como distanciamento social, utilização de máscara e higienização com álcool em gel. A Banda Fanfarra Independente Fênix de Penedo, há onze anos promove ações sociais, promovendo expressão de arte e cultura para toda população ribeirinha. Não fique de fora dessa oportunidade!
 

Instagram para inscrição: @fenixdepenedo

Comentários comentar agora ❯

Postado em 02/08/2021 10:34

Você já ouviu falar na Lei Geral de Proteção de Dados?

Google
Você já ouviu falar na Lei Geral de Proteção de Dados?
O objetivo desta lei é proteger os dados de todos os brasileiros.

Uma lei que estabelece regras sobre o uso de dados pessoais de todos os brasileiros já está em vigor. Desde setembro do ano passado, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD),foi sancionada na necessidade de proibir o uso particular de dados entre empresas como forma criminosa de expor ou obter informações de dados sigilosos. O prazo de quase um ano foi determinado pelo Congresso Nacional para dar tempo de empresas se adequarem à lei e para a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão ligado à Presidência da República e formado em outubro de 2020, agir e regulamentar algumas regras.

As empresas que desrespeitarem a lei podem ser multadas em até R$50 milhões por infração, mas o documento que define o cálculo para esta sanção ainda não foi publicado. Uma resolução do órgão indicou que as penalidades serão aplicadas de forma “escalável”, subindo de degrau em degrau, levando então a considerar a gravidade do caso. Essa multa pode, assim, demorar para ocorrer, porque não foi publicado o documento que estabelece como elas serão calculadas.

Na atualidade, dados pessoais são requeridos em diversas atividades do dia a dia, sob qualquer empresa ou entidade que realiza cadastro com nome ou a um documento de um cidadão, seja ele feito pela internet ou não, precisa seguir a LGPD, até mesmo em órgãos ligados ao governo, que não podem ser multados, mas estão sujeitos a outras sanções. Para a ANPD seguir algumas diretrizes, essas normas seguirão à consulta pública, que em breve será realizada, isso porque as penalidades devem ser dadas em forma de pirâmide, como afirma João Victor Archegas, pesquisador de direito e tecnologia do IST-Rio (Instituto de Tecnologia e Sociedade).

 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 29/07/2021 21:59

Empreendedorismo Juvenil: Seu gosto por bonés, torna-se pontapé para seu próprio negócio

Marcos Paulino -Divulgação
Empreendedorismo Juvenil: Seu gosto por  bonés, torna-se pontapé para seu próprio negócio
Marcos fez da sua paixão por bonés seu empreendimento.

Olá gente! Hoje trago a história de um jovem chamado Marcos Paulino, residente em Penedo, que seguiu seus sonhos e hoje faz a cabeça dos jovens. Tudo se inicia aos 13 anos de idade, quando já na escola comercializava produtos escolares entre amigos e na feira livre acompanhava seu tio a vender farinha. A vontade em empreender sempre foi gigante, mas nunca deixou de lado sua vontade em estudar e logo ao terminar o ensino médio aqui na cidade, resolveu ingressar na faculdade para obter o nível superior. Em 2016, escolheu cursar Engenharia Civil, mas como não tinha faculdade na cidade teve que ir morar em Aracaju, mas as coisas ficaram difíceis financeiramente e o nosso jovem recebeu uma proposta para morar com um amigo em Maceió.

Em Maceió houve tentativas de empreender com os amigos, vendendo roupas, camisas multimarcas, de times, mas sem sucesso após vender o primeiro já não tinha estoque nem tão pouco dinheiro para reposição. Entre visitas e visitas em IGs no Instagram, achou uma página somente de bonés e ao ver que não tinha igual na cidade, resolveu proporcionar o produto a mais pessoas. Logo conversou com sua mãe, e a mesma rejeitou, lhe deu conselhos para desistir, mas Marcos foi desobediente, e entrando em contato com uma tia, pediu emprestado dinheiro para começar seu próprio negócio.

Após comprar seu primeiro estoque, criou um perfil no Instagram em 20 de setembro de 2018, assim começou de fato a expor seus produtos. Seu IG, intitulado de “Cachola Bonés”, começou a ganhar espaço e gosto entre jovens da cidade ribeirinha. Vendo que a procura estava grande, decidiu então trazer mais produtos, visando uma melhor entrega, atendimento e a alegria da clientela. Hoje em dia, Marcos busca um relacionamento de amizade com seus clientes, que passando confiança e qualidade no produto tem ganhado vários clientes em Penedo e região. Parabéns Marcos Paulino, que sua história de luta e persistência sirvam de exemplo para outros jovens empreendedores de nossa cidade a nunca desistir dos seus sonhos.

Instagram da loja: @cacholabonés
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 28/07/2021 09:04

Tik Tok e Kwai são pouco transparentes e podem “enganar’’ usuários quanto a monetização

Google
Tik Tok e Kwai são pouco transparentes e podem “enganar’’ usuários quanto a monetização
É preciso ter bastante atenção, pois não estão cumprido o prometido no app.

Um rede social que se popularizou bastante nos últimos meses é o Kwai, essa rede social é originária da china e foca muito em vídeos curtos para bombar entre os usuários. Ela vem conquistando muita gente por pagar quantias em dinheiro para quem permanece interagindo com conteúdo diariamente e convida outras pessoas para entrar nesta plataforma. Outra rede parecida que tem crescido muito no Brasil é o Tik Tok, sendo agora uma das principais redes sociais do mundo, sendo rival do Instagram em relação ao REEls, o Snapchat tem o Spotlight e o Youtube tem o Shorts.

Mesmo com a grande aceitação de público, esses dois grandes aplicativos vêm demonstrando um problema grave aos usuários. O grande problema são as falsas expectativas que esse sistema cria no usuário, dando a entender que as pessoas podem enriquecer apenas estando na plataforma tecnológica, e assim completando ações simples, o que não é o caso. O grande problema são as falsas expectativas que esse sistema cria no usuário, dando a entender que as pessoas podem enriquecer apenas estando na plataforma e completando ações simples, o que não é o caso.

O então modelo cashback, por visualização e por convites, tem causado controvérsia no âmbito de quem lida com publicidade digital. Isso porque essa modelagem tem sido acusada de violar diversos aspectos éticos do setor e até a legislação brasileira. Por trás dessa prática, está a ausência de legislação clara sobre as plataformas, visto que as leis brasileiras são escassas e não regulam em especial no âmbito da publicidade digital. É necessário manter-se em vigilância, pois aquilo que está sendo prometido, não está sendo cumprido.

 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 26/07/2021 09:57

Stalking: Agora é crime no Brasil

Google
Stalking: Agora é crime no Brasil
É crime quando ameaça integridade física ou psicológica.

O ato de perseguir uma pessoa on-line ou no mundo físico pode dar cadeia, isso mesmo CADEIA! Em abril deste ano, foi sancionada uma lei que inclui no Código Penal o crime de Perseguição, conhecido também no meio tecnológico como “stalking” (em inglês). A pena para quem for condenado é de 6 meses a 2 anos de prisão, mas pode chegar a 3 anos com agravantes. No Brasil, a maioria dos casos acontecem contra mulheres, por meio de parceiros e ex-parceiros, desde que a lei entrou em vigor, milhares de casos foram registrados no meio judiciário no país.

Esta perseguição anteriormente era enquadrada em um artigo da Lei das Contravenções Penais, tinha como pena 15 dias de prisão a dois meses, ou multa. Após a criminalização desta prática, só em São Paulo, houveram 686 queixas em um mês, já no estado da Bahia foram 162 denúncias, e no Distrito Federal, foram feitos 242 boletins de ocorrências em apenas dois meses. O crime ocorre quando há ameaça à integridade física e psicológica da vítima, alguns pontos que indicam esta prática são: É preciso bloquear perfis e números após ataque em redes sociais, há tentativas de invadir suas redes sociais e quando há medo de sair de casa.

Constatando os itens supracitados, a melhor forma de se proteger é sempre procurar uma delegacia mais próxima ou acessar a delegacia virtual e realizar um boletim de ocorrência. Vale ressaltar que, para que a polícia possa prosseguir com uma investigação, a vítima deve fazer uma representação, que dirá às autoridades que deseja processar o agressor. Isso pode demorar 6 meses a partir do momento que se sabe quem é o autor do crime. Fique sempre em alerta, quando perceber um indicativo, procure sempre ajuda.

 

Comentários comentar agora ❯